.mais sobre mim

Lilypie - Personal pictureLilypie Second Birthday tickers

.Quem me visita

.arquivos

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Julho 2007

. Março 2006

.posts recentes

. De volta.....

. A minha agenda em ....

. E lá vou eu....

. Estou me a organizar

. Estou viva... ahahah

Domingo, 5 de Março de 2006

nao desistir

Um dia alguem me disse: não desistas dos teus sonhos.

Achei sempre que era fácil falar, e que na realidade por mais que sonhassemos, de nada valeria, porque de certa forma acredito que o detsino está traçado.

À cerca de 8 meses, trabalhava numa instituição na qual me davam todas as esperanças de lá ficar, mas uma semana antes do estágio acabar disseram-me que por motivos de retenção de despesas teriam que abdicar dos meus serviços. O k é certo, é k acho k não foi por reteñção de despesas mas sim porque acabou por aparecer alguém que era amigo, do amigo!!!!

Na altura fiquei desolada, mas passados 2 meses respondi a um anuncio, já num momento de desespero, e acabei por ficar. Sem cunhas, sem conhecer ninguém, apenas porque consideraram que talvez eu seria capaz de desenvolver um projecto coerente e competentemente.

Estou lá a trabalhar à 7 meses, de forma voluntária, mas realmente é um projecto em que acredito e que me preencheu a nivel pofissional. Trabalho numa área que adoro, e acredito que tenho desenvolvido um trabalho positivo. Mas sinceramente, acho que nada acontece por acaso.

Um dos maiores sonhos era ser mãe, e sempre achei que seria mãe muito cedo.

Pois é, a instituição onde trabalho, tem como população alvo mães que abortam espontaneamente e casos de infertilidade. Nestes 7 meses aprendi com estas mulheres que ser mãe é muito mais que dar à luz, e neste momento não é de todo a minha prioridade. Acredito que a Artemis não apareceu na minha vida por acaso, e se calhar vou aprender muito mais, aprender que os sonhos podem ser alterados e k nada é estatico. O k para nós hoje pode ser uma felicidade, amanhã pode ser um tormento. Temos que lutar!!!

Mas no final de tudo começo a achar que mais uma vez poderá aparecer a amiga da amiga, e que na hora da verdade me possam pôr de lado. É assim a nossa sociedade. Acredito que as pessoas com as quais trabalho neste momento não o façam, mas não vou mentir e dizer que isso não me tem passado pela cabeça. É o medo de ver novamente um ciclo a repetir-se, ver todo um projecto a ser em vão, e no final olhar para trás e ver que tanta dedicação foi em vão.

Espero, muito sinceramente, que não seja esse o meu destino, dedicar para depois olhar à volta e não ver nada, sim porque é isso k a minha vida tem sido, sonhar, acreditar, dedicar e depois ficar sozinha e sem nada!!!!

vamos ver como termina este ciclo.

 

bjinhos

sandra

sinto-me:
música: secretamente
publicado por acreditarnodestino às 20:50

link do post | comentar | favorito
|

.links

.O que me faz voltar no tempo


MusicPlaylist
MySpace Playlist at MixPod.com

.Visitantes