.mais sobre mim

Lilypie - Personal pictureLilypie Second Birthday tickers

.Quem me visita

.arquivos

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Julho 2007

. Março 2006

.posts recentes

. De volta.....

. A minha agenda em ....

. E lá vou eu....

. Estou me a organizar

. Estou viva... ahahah

Segunda-feira, 1 de Dezembro de 2008

Saudade e vazio

Olá

 

Hoje estou muito melancólica. Passei o fim de semana a pensar nos meus filhos, no que está comigo e no que perdi. Passou-me tanta coisa pela cabeça, ao mesmo tempo que fico triste pelo filho que perdi, depois penso, que não teria comigo o meu Tomás, que tanto amo. Que dualidade de sentimentos, que turbilhão que vai cá dentro.

A porcaria da depressão teima em não passar. Decidi parar com os medicamentos à 1 mês. Parva, sei que sou. Nem pareço psicóloga, fiz tudo ao contrário do que digo aos meus pacientes, como é possivel, estão a pensar, mas é. MEA CULPA.

Claro está, escusado será dizer, piorei. Piorei porque deixei de tomar a medicação, piorei porque me sinto sozinha, piorei por razões que nem quero falar.

Um dos melhores caminhos para se curar uma depressão é ter apoio, é ter quem nos entenda. À minha volta teimam em fazer de conta que não se apercebem, porque têm medo de me perguntar porque ando assim, têm medo da resposta, porque para todos já não faz sentido, já passou 1 ano e meio e todos se esqueceram que eu mudei por dentro. Que me tornei uma pessoa diferente, mais distante, mais triste, mais só.

Sinto falta de afecto, sinto falta de um carinho, sinto falta de poder falar sobre o que me incomoda. Sinto falta de partilhar momentos, os bons e os maus.

Neste momento é o meu Tomás que me faz sorrir, é o meu Tomás que me dá ânimo, é o meu Tomás a minha fonte de energia.

Está a chegar o Natal, e sinceramente nem sei o que sinto em relação a isso. O meu filho merece que eu esteja bem, meree viver o Natal, o seu primeiro Natal em harmonia e felicidade. Mas para mim é tão dificil. Nunca gostei do Natal, desde que me conheço.  O ano passado foi horrivel, todos felizes e contentes e eu so pensava no filho que me arrancaram, no filho que estupidamente perdi. Este ano queria que fosse diferente. Vamos ver...

publicado por acreditarnodestino às 21:05

link do post | comentar | ver destinos (3) | favorito
|

...


saudade - Recados Para Orkut

 

publicado por acreditarnodestino às 20:57

link do post | comentar | favorito
|

.links

.O que me faz voltar no tempo


MusicPlaylist
MySpace Playlist at MixPod.com

.Visitantes