.mais sobre mim

Lilypie - Personal pictureLilypie Second Birthday tickers

.Quem me visita

.arquivos

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Julho 2007

. Março 2006

.posts recentes

. De volta.....

. A minha agenda em ....

. E lá vou eu....

. Estou me a organizar

. Estou viva... ahahah

Terça-feira, 29 de Setembro de 2009

E a vitória é..... MINHA

Realmente a vida encarrega-se de mostrar ás pessoas quando erram, quando não têm razão.

Mais uma vez ouvi a tão repetida frase: "Tu bem me avisas-te, tu tinhas razão" Mas parece que não aprende. Acredito que um dia a "chapada" será tão grande, virá de alguém que quer ao fim da força acreditar que não se enganou, quer acreditar que ele tem razão. É uma questão de tempo, e se há coisa que eu aprendi na vida é esperar. Estarei aqui para nesse dia, nesse momento ouvir a mesma frase que ouvi hoje, espero ansiosamente por esse dia, mas espero calada. Espero porque sei que vai chegar. Será dessa vez que esta frase irá ter para mim um gostinho especial, que me dará um gozo enorme. E essa vai ser em relação a ti a minha grande vitória, serei então a vitoriosa, porque aí vais-te sentir bem pior do que o que eu me senti durante este tempo todo. Sentirás o chão a fugir-te, vais -te sentir perdido, e eu estarei na primeira fila a ver. Aí sim, vais finalmente perceber quem é quem nesta história toda.

 

Este post é directamente para ti, sei que possivelmente nunca o irás ler, bem como todos os outros que te dediquei, mas caso o leias, grava-o na memória, para que vejas que mais uma vez eu tinha razão.

publicado por acreditarnodestino às 17:59

link do post | comentar | ver destinos (1) | favorito
|

Já ando sozinho.... yupiiii

Olá

 

Aqui vão as mais recentes novidades do Tomás. No sábado passado começou uma nova etapa. Já anda sozinho. Escusado será dizer que saí à mãe. Tudo com pressa, tudo para ontem. Ainda agora começou a andar e já quer correr.

Claro está que já deu um tombo daqueles. Abriu o labio por dentro, foi cá um susto que nem vos conto. Ficou cheio de sangue, queria ver de onde vinha, pois podia ter partido algum dente. Mas vi-me à nora, ele não deixava pôr água, não deixava abrir a boca. Lá fomos ao centro de saúde, mas foi só um susto. A porcaria do sangue não estancava, fiquei aflita.

Mas é uma alegria ver cada passito que dá, é uma vitória, uma conquista que vivo intensamente como se fosse minha.

Cada sorriso que dá quando chega ao lugar desejado, é um sorriso que eu também esboço com uma felicidade imensa.

São estes momentos, inigualáves que o meu filho me proporciona que me dão força para continuar e acreditar que a vida irá acabar por também ela me sorrir, são estes momentos, e sempre que olho para o meu filho que sinto que a luta vale a pena, e que nada, mesmo quando estou mais em baixo me irá fazer desistir.

 

 

publicado por acreditarnodestino às 17:48

link do post | comentar | ver destinos (1) | favorito
|
Quarta-feira, 23 de Setembro de 2009

A minha família

Vi isto no blog de uma amiga e achei um must

 

 

Stick Figure Family at FreeFlashToys.com
 

publicado por acreditarnodestino às 13:40

link do post | comentar | favorito
|

E se fossem chatear a vizinha???

Pelo amor da santa

 

Deixem-me cá sossegadita no meu canto e vão melgar outros. Será que a parvoíce revla-se em conjunto? Pelos visto sim, quando alguém decide ser parvinho, decidem logo dois outro três.

Cuidem da vossa vidinha, metam-se naquilo que vos diz respeito e parem de chatear os outros.

Eu sou o que a vida fez de mim, e sou para as pessoas em dobro do que elas são para mim, por isso quem não está bem que se mude, porque é isso que eu faço.

Agora uma coisa é certa, um por um  vão penar em dobro o que me fizeram penar a mim, seja novo ou velho, quero lá saber.

 

Dsc o desabafo, mas começo a estar sem pachorrinha nenhuma em relação a quem dei tanto de mim.

publicado por acreditarnodestino às 09:09

link do post | comentar | favorito
|

A diferença de ser e estar

Olá

 

Esta semana alguém me fez uma questão, que faço muitas vezes em terapia, e que procuro com ela que as pessoas façam a distinção entre o ser e o estar. Como em casa de ferreiro, espeto de pau, eu respondi sem pensar. Andei o dia de ontem todo a pensar nisso.

A pergunta foi: ÉS FELIZ?

 

E eu respondi de imediato Não.

Fui para casa a pensar nisso e cheguei à conclusão que respondi erradamente.

SIM, EU SOU FELIZ, porque:

  • tenho um filho lindo comigo, que me faz sorrir sempre que penso ser impossível
  • carreguei no ventre a minha Beatriz, e que mesmo não estando fisicamente comigo, acompanha-me todos os dias
  • tenho saúde para trabalhar e lutar por aquilo em que acredito.

 

Mas, estou infeliz, ou melhor, tenho momentos de infelicidade quando:

  • percebo que nem sempre as minhas decisões e opções de vida foram as mais certas
  • percebo que apostei em alguém que não vale a pena
  • percebo que à minha volta não há honestidade e sinceridade.

 

Ms são apenas momentos.

 

Por isso amiga, a minha resposta é sim, sem dúvida EU SOU FELIZ.

 

publicado por acreditarnodestino às 09:00

link do post | comentar | ver destinos (2) | favorito
|
Quarta-feira, 16 de Setembro de 2009

O Tomás, o infantário e novidades

Olá a todas

 

Estas últimas semanad têm sido dose.

O Tomás não tem querido ficar no infantário de manhã. Arma cada berreiro que venho sempre com o coração apertadinho. Acabei por começar a ir levá-lo mais cedo e ficar um pouco lá com ele a brincar antes de me vir embora, mas ele já se deu conta e hoje agarrou-se ao meu pescoço que só visto. Não quis mostrar fraqueza a frente dele pois sei que não juda nada. Mas quando virei costas não consegui conter as lágrimas. Fogo, isto custa, cada dia me custa mais deixá-lo a chorar. Sei que mal saiu ele se cala e começa logo a brincar. Sei que ele gosta de lá estar e gosta muitos da educadora, da auxiliar e de todos os que lá trabalham, porque muitas vezes quando chego, deixo-me ficar na porta sem ele me ver e percebo que está feliz, que gosta. Mas quando se vira e me vê é uma alegria que só visto, começa a tremer até se agarrar a mim e aos berros a dizer "Mamã, Mamã". Dá-me sempre um abraço tão apertadinho que me enche o coração e a alma.

Depois não adianta chamá-lo porque não vai a ninguém. Mesmo se for a casa de alguém, não vale a pena, dias de infantário, já não me larga mais.

 

A semana passada ficamos em casa 3 dias, o Tomás ficou com gripe, apanhei um cagaço que nem vos digo nada. Com a febre sairam-lhe 3 cachais, sim porque desde que nasceu quando saí um dente, saem logo dois ou três.

 

Cada mimo, cada olhar, cada "bofetada" que me dá são a minha alegria. Tem a mão lampeira, dizem que saí à mãe, não percebo porquê (ihihih). Só faz asneiras, tdos os dias são uma aventura, então quando está muito calado é asneira pela certa. Depois fica com akela cara de santinho que só me dá vontade de agarrar e dar muitas beijocas. É um safado.

 

 

Jinhos

publicado por acreditarnodestino às 10:38

link do post | comentar | ver destinos (3) | favorito
|
Terça-feira, 15 de Setembro de 2009

Um esclarecimento

Olá a todas

 

Hoje resolvi falar num assunto que nunca abordei aki, mas começo a ficar fartinha de questões.

A minha relação com a igreja, nomeadamente com o catolicismo é muito própria e pouca gente sabe disso. Mas como tenho sido melgada com a porcaria do batizado do Tomás resolvi esclarecer a algumas pessoas.

Durante a minha infânia foi-me incutido que Deus isto, Deus akilo. Ao longo da vida a minha atitude e opinião face a Deus e à igreja começou a ganhar outros parâmetros. Para mim existe algo superior a nós, que nos dá força, que nos dá ânimo e ao qual nos agarramos. Não aceito que lhe deiam um nome, mas respeito a quem o faz. Respeito a religião de cada um e agradeço que respeitem também a minha posição. Vou à igreja, em alturas que não há missa, porque é um local calmo, tranquilo, onde ninguém nos incomoda. Mas respeito com o faça. Agora exijo, e a palavra é mesmo esta EXIJO que me repeitem também. Não posso conceber que me impinjam nem a mim nem ao meu filho viver em função da igreja.

Quero batizar o Tomás, porque a nossa sociedade assim o determina, porque sei que mais tarde o meu filho poderá estar limitado por não ter recebido o batismo, e não pela festa ou pelo ritual em si. Faço-o porque é também desejo do pai. Agora que fique claro que o faço quando assim o entender e não quando terceiro querem. Era o que me faltava quererem mandar em mim e no meu filho.

Por isso aproveito e informo 3 coisas:

1) o Tomás será batizado quando eu entender e sem aviso prévio a ninguém

2) não faço qualquer festa, ou almoço, vou à igreja com os padrinhos e mais nada. Não é isso o batismo? ir a igreja? ou mais uma vez tenho razão e para alguns o batismo é uma grande hipocrisia?

3) que fique claro que o meu filho já tem padrinhos, desde que estava grávida, por isso parem de me chatear a tentar impingir outros. FUI CLARAAAAAAAAAAAAAAAAAA????????????

 

Já agora outra coisa, poupem-me a falsos interesses sobre o estado de saúde do meu filho. Porque se quando estão com ele não lhe ligam, lhe esfregam na cara prendas que vão dar ao pingente e dizem de lata "para ti não há nada", se ignoram que ele existe e quando telefonam só se preocupam em lhe perguntar onde está a irmã, agradeço que não o façam. Até porque para o meu filho irmã é só uma, a que partiu, chama-se Beatriz. Para se ser irmão não basta partilhar o mesmo pai ou a mesma mãe, tem que se amar, tem que se tratar bem, e não tentar fazer-lhe mal emocional ou fisicamente como já aconteceu. Ele sabe lá quem é a Inês. Poupem-me. Estou fartinha destas hipocrisias e como tal agora é assim digo o que tenho a dizer e quem não gostar que não leia.

 

Desculpem o desabafo, mas isto qualquer dia vai ser dito na cara e não apenas escrito. Mas para já desabafo aqui.

publicado por acreditarnodestino às 09:32

link do post | comentar | ver destinos (5) | favorito
|
Domingo, 13 de Setembro de 2009

A resposta tarda mas existe

http://1.bp.blogspot.com/_NkFZCwaWWJA/Rjh4IMG2cbI/AAAAAAAAAEk/ZsKbFZJsEnA/s320/ROSAS+3.jpg

 

Eis  a resposta a cada uma delas:

 

1) por mim: antes não ma tivesses oferecido

2) pelo que estou a sentir: pena ter durado tão pouco

3) pela (sabes kem): sabia lá eu o inferno que ia fazer da minha vida (k não me apareça à frente)

publicado por acreditarnodestino às 10:36

link do post | comentar | favorito
|

Era tão bom que...

a) cada um se me metesse só na sua vida

b) que houvesse respeito pelos outros

c) que deixassem de me melgar com porcarias que não fazem nenhum sentido

d) que me deixassem sossegada no meu canto

e) que a vida fosse tão cor de rosa como gostariamos

f) que quando se erra se pedisse no mínimo desculpa

g) que as pessoas fossem sinceras e não calcassem os outros para obterem o que querem

h) todos os dias fossem dias para sorrirmos.

publicado por acreditarnodestino às 09:58

link do post | comentar | ver destinos (1) | favorito
|
Quinta-feira, 3 de Setembro de 2009

atrasados... mas prometido é devido

Olá bem as fotos do aniversário do Tomás vêm muito atrasadas, mas como prometi aqui estão.

 

 

O bolo dos meus filhotes

 

Ele o o bolo

 

 

A 1ª vela

 

 

Palminhaaaaaasssss

 

 

Eu e a minha vida

 

 

 

 

publicado por acreditarnodestino às 22:18

link do post | comentar | ver destinos (6) | favorito
|

.links

.O que me faz voltar no tempo


MusicPlaylist
MySpace Playlist at MixPod.com

.Visitantes