.mais sobre mim

Lilypie - Personal pictureLilypie Second Birthday tickers

.Quem me visita

.arquivos

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Julho 2007

. Março 2006

.posts recentes

. De volta.....

. A minha agenda em ....

. E lá vou eu....

. Estou me a organizar

. Estou viva... ahahah

Sexta-feira, 30 de Abril de 2010

Ver o tempo fugir

 

As vezes é assim que sinto... o tempo fugir me das mãos. Vejo a vida passar quase como se fosse um espectadora. Vejo o tempo passar e ao olhar para tráz penso, como podia ser diferente, como podia ter feito isto, ou aquilo, como podia ter decidido outras coisas, como podia ter tomado outro caminho. Claro que não me arrependo, mas se pudesse, agarrar o tempo, se pudesse andar com o tempo para tráz, concerteza outras decisões teriam sido tomadas, outras histórias haveriam para contar. Histórias, memórias, chamem-lhe o que quiserem, mas que seriam outras sem dúvidas. Muitas delas permaneceriam as mesmas, mas há meia dúzia que não fariam parte da minha história de vida.

Acho que nem sempre aprendo com os erros, mas sou humana, acho que nem sempre as opções que tomo são as mais certas, mas são as que o coração me dita. Porcaria... qualquer dia vou ao cardiologista para ver se ele me formata esta porcaria. Mas porque raio sou tão racional para umas coisas e para outras não? Há coisas que não consigo ignorar que existem, ou melhor há pessoas que não consigo, por mais que tente faze de conta que existem, não consigo sequer lidar com isso, mesmo não estando presentes fisicamente, estão lá e isso irrita-me, as fotos irritam-me, o nome irrita-me, ai rsrsrsrsrsrs tira-me do sério. E como não posso fazer de conta, pois existe, então o que fazer, se eu já me dei conta que nunca vou conseguir.  Cada vez odeio, sim sim, odeio mais determinadas pessoas, e como não sei lidar com o odio, porque nunca odiei ninguém, ando meia perdida. Xiiiiiiiii, lá ando eu com as minhas observações parvoinas, que tanto gosto. Mas desenganem-se, porque se pensam que me deitam a baixo nahhhhhhhhhhhhhhh, esqueçam. Minhas caras, há sempre uma ultima solução, e caso seja necessario venha ela.

 

Ah é verdade, como o ditado diz: paga o santo pelo pecador. Temos pena, acreditem que temos mesmo pena.  Já agora quando se decidem a dizer um olá, a dizer "eu ando por aqui", tão dignas e frntais, mas na hora da verdade, vê-se.....

publicado por acreditarnodestino às 10:20

link do post | comentar | ver destinos (2) | favorito
|
Terça-feira, 27 de Abril de 2010

...

A porcaria da crise existencial teima em estar ao meu lado, pelo menos é o k lhe chamo, crise existencial. Talvez por não lhe querer dar outro nome, talvez porue outra coisa qualquer poria em causa muitas opções de vida.

Como alguém uma vez me disse, as vezes tenho vontade de mandar tudo pro ar. Como eu te entendo, como faz sentido na minha cabeça o que dizias sentir.

Nestes ultimos dias é isso que me tem apetecido, mandar tudo pro brejo, deitar tudo fora e começar do zero. Virar a página e começar um livro novo, do primeiro capitulo, com um teor diferente. Com um titulo diferente, onde os personagens que se mantêm são apenas eu e o meu filho.

 

Pergunto-me: porquê. Não me apetece saber a resposta. Apenas me interessa perceber se é apenas uma fase, ou se tudo deixou de fazer sentido e por isso esta sensação de vazio, de que nada me agrada.

 

Ou será apenas a tal crise existencial que falei ao inicio. Não sei, mas está a desgastar-me por dentro

publicado por acreditarnodestino às 01:06

link do post | comentar | ver destinos (1) | favorito
|

...

 

Sinto saudade de...

 

Ter os olhos a brilhar de alegria

Sorrir apenas porque vivo

Ter paz interior

Viver cada dia como se não houvesse amanhã

Acreditar que o amanhã será melhor que o hoje

Ter sonhos porque acredito que se realizam

 

Tenho saudades, muitas saudades de ser como era

 

publicado por acreditarnodestino às 00:53

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 22 de Abril de 2010

...

 

Esta imagem vale mais que mil palavras, reparem no companheirsmo, na inocênia, na doçura do olhar. Como eu keria ser pequenina...

publicado por acreditarnodestino às 13:02

link do post | comentar | ver destinos (2) | favorito
|

Crise existencial doa 30, só pode

 

Ando assim, a pôr interrogações em tudo. Poraria de crise existencial, isto de estar a chegar aos 30 é obra.

publicado por acreditarnodestino às 12:56

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 21 de Abril de 2010

Dia da Mãe - Lançamento de balões



Olá a todas

O Projecto Artémis vem, mais um ano, promover a sensibilização à Perda Gestacional num dia que merece ser festejado e dignificado por todas quantas já geraram, carregaram e guardam nos seus corações filhos que partiram cedo demais.
O Dia da Mãe festeja-se este ano a 2 de Maio de 2010, um domingo.

À imagem destes últimos anos, pretende-se lançar balões aos céus num gesto de carinho e de perpetuar a memória dos nossos bebés.
A campanha de sensibilzição está aberta a nível nacional e Brasil.


Para se inscreverem o procedimento é simples. Bastará que escolham um local para o lançamento dos balões. A hora será comum a todos os locais16 horas. Para se inscreverem ou para mais informações consultar o forum www.perdagestacional.forumeiros.com
Recordamos a cor dos balões:

Azul - Perda de um bebé menino
Rosa - perda de um bebé menina
Branco - Perda de um bebé cujo sexo ainda era impossível identificar

 

Os locais são:

Braga: Parque da Ponte;

Porto: Edífico Transparente (junto à praia); Inscrições para artemis.porto@iol.pt

Fátima: Santuário de Fátima;

Torres Vedras: Parque Verde da Varzea;

Lisboa: Expo;

São Paulo (9 de maio): Parque Ibirapuera

 

 

 

 

publicado por acreditarnodestino às 14:54

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 20 de Abril de 2010

De volta

Olá a todas

 

Tenho andado super ausente, aconteceram imensas coisas, mas nada de grave. Desculpem, mas não me apetece tar a escrever tudo o que foi acontecendo e as novidades todas. Não levem a mal.

 

O Tomás tá optimo, cada vez mais reguila, cabelo curtinho, dei-lhe uma rapadela. Custou-me um bocadito mas já está.

 

 

Bem, este post significa que vou voltar ás minhas reflexões idiotas, mas que me dão imenso prazer, acreditem que dão, pois aliviam-me a alma.

 

Jinhos e obrigada a todas que entretanto me foram enviando mesnagens a perguntar se estava tudo bem.

 

 

Ah, recado directo à Dona C.

 

Obrigada de coração por nos momentos menos bons estar aqui, por aturar as minhas parvoices, por me ajudar a encontrar por vezes o equilibrio. E ao seu excelentissimo marido, também, têm sido verdadeiros amigos.

publicado por acreditarnodestino às 17:39

link do post | comentar | ver destinos (5) | favorito
|

.links

.O que me faz voltar no tempo


MusicPlaylist
MySpace Playlist at MixPod.com

.Visitantes